segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

ANO NOVO


          Ano Novo é nada mais que o dia seguinte, afirmam os mais céticos.  Fisicamente falando são apenas 24 horas que nos separam do ano seguinte, mas podemos em nossas mentes utilizar essas horas para rever nossas atitudes, colocando na balança o que deu certo e aquilo que não aconteceu como planejado. Eu prefiro crer que podemos estabelecer metas para o ano que se inicia.
          No meu caso, andei pensando e vejo que não posso reclamar muito de 2010: trabalhei bastante, fui incompreendida, mas faz parte do processo; terminei um relacionamento, iniciei outro que também não durou, mas aprendi bastante com eles; fiz novas amizades, mas investi também nas antigas;  viajei não tanto quanto desejava, mas aproveitei cada minuto longe de casa; comprei coisas fúteis para mim necessárias, mas dediquei pequena parte aos mais necessitados; ou seja, acertei algumas vezes, errei outras tantas, mas o que importa é que foi um ano bem vivido, afinal realizei o meu grande sonho, publiquei o meu primeiro livro.
          Para 2011 já tenho  minhas metas:

1- Passar a virada viajando, não deixar de pular as sete ondas  bebendo champanhe e, principalmente juntinho das pessoas que amo;
2- Curtir as férias de janeiro sem preocupações, aproveitando para terminar meu terceiro livro;
3- Voltar ao trabalho com ânimo, mas não nadar contra a corrente, é muito cansativo; 
4- Lançar meu segundo livro, quem sabe o terceiro também;
5- Arranjar um namorado bonitinho, um tantinho inteligente e que principalmente goste mesmo de mim;
6- Ser mais paciente e ter muita calma;
7- Ouvir mais que falar;
8- Estar sempre pronta para ajudar, mas somente àqueles que me pedirem, não quero correr o risco de ser inoportuna;
9- Brigar menos, mesmo que por motivos justos, afinal não vale a pena dar murro em ponta de faca;
10- Sorrir o tempo todo, o mais que eu puder e, se acaso eu chorar que seja por uma causa nobre, que enxugue as lágrimas e não demore  a sorrir novamente.

          Desejo que cada um de vocês, estabeleça seus objetivos para o ano que está chegando. Acreditem que com força de vontade podemos recomeçar, acertando as arestas e melhorando nossas vidas e as daqueles que nos rodeiam. Uma certeza eu carrego: melhor sorrir que chorar.
          Como dizem os taxistas chilenos: "Suerte!"

Um comentário:

  1. Receita boa e vejo um pouquinho de mim em você.

    ResponderExcluir